26 de mai de 2013

FICHA TÉCNICA: DESCREVENDO O MODELO PARA A CONFECÇÃO


Etapa fundamental da produção, a ficha técnica serve de base para diversos setores da confecção, como modelagem, pilotagem e PCP.

Na fase de desenvolvimento técnico do produto é produzida a ficha técnica com os dados da peça. Neste documento, além do desenho técnico, o detalhamento descritivo do produto é disponibilizado – facilitando o trabalho de interpretação do modelo.

É na ficha técnica que todas as especificações da peça são disponibilizadas. Com os dados da ficha é possível fazer uma estimativa do material necessário para a confecção de uma determinada peça ou coleção, reunindo dados sobre a quantidade e tipo de tecido, grade de tamanhos, aviamentos, entre outros detalhes da peça.

Também é na ficha técnica que o modelista encontra as informações necessárias para interpretar a peça, desenvolvendo a modelagem de acordo com a proposta do estilista ou designer.

Abaixo, uma breve descrição de algumas informações que podem constar na ficha técnica: 
  • Cabeçalho: refere-se ao nome da peça, a coleção, a referência, a data, uma breve descrição e tudo o que pertinente à denominação do produto.


  • Desenho técnico do modelo: de frente e costa, se necessário lateral.




·         Dados dos materiais: podem ser divididos em principais e secundários, aviamentos e materiais de adornos em geral.



Outras informações podem ser disponibilizadas na ficha técnica, dependendo da necessidade e do perfil de cada confecção

Fonte: Clube Audaces/Desenho técnico: Vanessa Gonzato


Classificação dos aviamentos: função e visibilidade

Juntamente com os tecidos, os aviamentos são fundamentais na confecção de uma roupa. Além da utilidade, muitas vezes servem como elementos decorativos – garantindo um grande nível de detalhamento nas peças.

Em função desta dupla utilidade, podem ser classificados quanto à função e quanto à visibilidade na roupa. Quanto à função, podem ser componentes ou decorativos. Quanto à visibilidade, aparentes ou não aparentes, conforme mostra a tabela abaixo – publicada originalmente no livro Inventando Moda.



Crédito imagem: adaptado do livro Inventando Moda

Para evitar confusão na compra – que normalmente é conduzida por um setor específico, não pelo estilista – é importante que cada aviamento esteja identificado e catalogado, com uma codificação que seja compreensível para a equipe.

No livro, Doris Treptow explica que a codificação é organizada pela engenharia de produtos, através de um catálogo onde é anexada uma amostra do aviamento, seu código e sua descrição pormenorizada, especificando inclusive as cores em que o mesmo pode ser adquirido.

Para exemplificar ela apresenta o seguinte esquema:



Crédito imagem: adaptado do livro Inventando Moda


É importante, também, que todos os aviamentos utilizados em uma peça sejam listados na ficha técnica do produto, assim como o respectivo consumo por peça. Através deste documento, o PCP (Planejamento e Controle da Produção) pode transmitir ao setor de compras a quantidade que deve ser adquirida para atender a coleção que vai entrar em produção.

Fonte: Inventando Moda

Nenhum comentário:

Postar um comentário